terça-feira, 21 de julho de 2009

Ampliando o Conceito



De acordo com Grajew (2000, p.2), "o conceito de responsabilidade social está se ampliando, passando da filantropia, que é a relação socialmente compromissada da empresa com a comunidade, para abranger todas as relações da empresa: com seus funcionários, clientes, fornecedores, acionistas, concorrentes, meio ambiente e organizações públicas e estatais"

GRAJEW, Oded. “Pessoa física em paz com a jurídica”. Valor Econômico, coluna Empresa & Comunidades, 1 jun. 2000, p. B-2.

3 comentários:

Claudia Machado disse...

Responsabilidade social anda de mãos dadas com o conceito de desenvolvimento sustentável. Uma atitude responsável em relação ao ambiente e à sociedade, não só garante a não escassez de recursos, mas também amplia o conceito a uma escala mais ampla. O desenvolvimento sustentável não só se refere ao ambiente, mas por via do fortalecimento de parcerias duráveis, promove a imagem da empresa como um todo e por fim leva ao crescimento orientado. Uma postura sustentável é por natureza preventiva e possibilita a prevenção de riscos futuros, como impactos ambientais ou processos judiciais. Por isso vamos pensar mais em nosso ambiente pessoal.

Silvia disse...

No meu ponto de vista, agir por pura filantropia não agrega muito a comunidade. É impressindível que as empresas possuam consciência social, sendo realmente compromissadas, tendo atitudes que acrescentem,de forma a produzir riquezas e desenvolvimento que beneficiem a todos os envolvidos em suas atividades – trabalhadores, consumidores, meio
ambiente e comunidade.

Sandra Alves disse...

Responsabilidade social quando incorporada a empresa é o caminho para melhoria, pode ser entendida como preocupação continua com a humanidade. As empresas também precisam ter responsabilidade social com o meio ambiente, buscando evitar agressões ao meio ambiente, pois as boas práticas ambientais são geradoras de economia, de lucro e de imagem positiva para a empresa.