quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Orientações sobre a Utilização do Caderno de Formação Inicial em Educação a Distância

O objetivo do Caderno de Formação Inicial em Educação a Distância é a familiarização do acadêmico com a linguagem, com os procedimentos e com os instrumentos tecnológicos utilizados ao longo do curso, proporcionando, desta forma, uma visão geral inicial sobre toda a trajetória a ser percorrida na realização de um curso a Distância da UNIASSELVI.

O conteúdo do Caderno de Formação Inicial em Educação a Distância contempla, como o próprio nome sugere, um panorama geral da Educação a Distância, aspectos históricos dessa modalidade de ensino, o processo de autoa prendizagem, destacando fatores que podem interferir na compreensão textual de modo a tornar a aprendizagem mais significativa. Contempla, ainda, a apresentação do programa da EAD da UNIASSELVI, seus instrumentos e procedimentos tecnológicos.

O conteúdo de Formação Inicial em Educação a Distância foi acrescentado na ementa da disciplina de Metodologia do Trabalho Acadêmico, o que na prática gerou a seguinte situação: os alunos ingressantes recebem os dois Cadernos.

O conteúdo dos dois Cadernos será trabalhado da seguinte forma:

PRIMEIRO ENCONTRO PRESENCIAL: será estudado o conteúdo da Unidade 1 do Caderno Formação Inicial em Educação a Distância.

SEGUNDO ENCONTRO PRESENCIAL: será estudado o conteúdo da Unidade 2 do Caderno Formação Inicial em Educação a Distância.

TERCEIRO ENCONTRO PRESENCIAL: serão estudados os seguintes conteúdos da Disciplina de Metodologia do Trabalho Acadêmico:

a)
Conteúdos da Unidade 1
Tópico 2 – Elementos Constitutivos dos Trabalhos Acadêmicos
Tópico 4 – O Paper

b) Conteúdos da Unidade 2
Tópico 1 – Citações
Tópico 2 – Referências

QUARTO ENCONTRO PRESENCIAL: será feita a revisão de todo o conteúdo estudado e a Prova Final da disciplina.

Quanto à avaliação dos conteúdos desenvolvidos da maneira descrita anteriormente, teremos:

Avaliação 1: Elaboração de uma redação individual sobre o tema relacionado com o conteúdo da Unidade 1 – HISTÓRIA E MÉTODOS DA EAD, que será realizada no segundo encontro presencial.

Avaliação 2: Avaliação individual sem consulta, com 10 (dez) questões objetivas sobre o conteúdo da Unidade 2 – INSTRUMENTOS E PROCEDIMENTOS TECNOLÓGICOS DA EAD UNIASSELVI, que será realizada no terceiro encontro presencial.

Avaliação Final: Avaliação individual sem consulta, com 3 (três) questões dissertativas e 15 (quinze) questões objetivas – SOBRE TODO O CONTEÚDO TRABALHADO DA MANEIRA DESCRITA ANTERIORMENTE, que será realizada no quarto encontro presencial.

Bom trabalho a todos!

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

ESTÁGIO 1




ESTÁGIO 1 – BID 2831 - INSTRUÇÕES

Estágio I - Pesquisa em Formação Docente para os Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio

Caros alunos – Imprimir a “carta de apresentação” e o “termo de compromisso” disponível no AVA

No lado esquerdo do AVA ...vc vai localizar o item Estágio EAD (click).

Levar esses documentos para carimbar e assinar na data: 27 de janeiro

Elaborar um roteiro para as entrevistas, baseado no tema de formação docente , para ensino fundamental séries finais e ensino médio.

Imprimir as fichas de estágio. Aquela que deve ser preenchida pelos professores entrevistados (ficha 1).

Aplicar as questões para professores da educação básica.

Elaborar um roteiro (entre 8 a 10 questões) de entrevista sobre o tema pesquisado, que será aplicado a quatro professores, sendo dois dos Anos Finais do Ensino Fundamental (5ª a 8ª série ou 6° ao 9° ano) e dois do Ensino Médio, preferencialmente com professores habilitados na área do curso do acadêmico.

Elaborar o relatório de estágio, com fundamentação teórica do tema para elaboração das questões.

O relatório deve Ter os seguintes itens: Capa, Introdução, Fundamentação Teórica, Roteiro e Respostas das entrevistas, análise das entrevistas em relação à fundamentação teórica, considerações finais, referências.

Entrega do Relatório e das fichas de Estágio no dia 7 de abril.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Plágio em trabalhos acadêmicos



Programas que farejam plágio em trabalhos acadêmicos

Plagiar, segundo o dicionário, é apresentar qualquer tipo de obra como de própria autoria que pertence a outra pessoa. O plágio é considerado, em vários países, crime de violação de direitos autorais, inclusive aqui no Brasil. E mesmo assim, ainda há muitos casos de plágios detectados por professores acadêmicos em monografias de formandos de graduação ou pós-graduação.

A verdade é que as teclas “crtl+c” e “crtl+v”, tão utilizadas pelos usuários de internet, vão além do simples ato de copiar e colar frases, parágrafos e/ou textos, podendo ocasionar uma tremenda enxaqueca se for comprovado o plágio. Segundo o site Monografia AC, um Trabalho de Conclusão de Curso é considerado trabalho plagiado se encontrada nele uma ou mais das tais ações:

- Utilização literal de palavras, conceitos, frases sem a devida citação ao material original;

- Paráfrase dos mesmos elementos do tópico anterior em uma monografia ou em um TCC;

- Uso de uma estrutura ou um elemento como um gráfico ou uma fotografia, ou ainda um contexto de pesquisa sem a devida citação.

Hoje, já existem softwares na web para serem instalados no computador que servem como aliados dos professores para descobrir se o trabalho entregue pelo aluno foi plagiado. O ebaH! traz três exemplos desses programas e, de lambuja, um rastreador usado por donos de sites e blogs:

1) O “Farejador de Plágio”: programa criado pelo professor do curso de Sistemas da Informação da Universidade do Contestado-SC, Maximiliano Zambonatto Pezzin. O rastreador busca dados e informações em diversos sites para acusar o plagiamento em um trabalho acadêmico através de um software instalado, por download, no computador. Entenda melhor como funciona.

2) O Plagius – Detector de Plágios: software que foi inventado e defendido pelo formando em Ciência da Computação, Gustavo A. Hennig, em seu Trabalho de Conclusão de Curso e popularizado na internet para ajudar a melhorar o nível dos trabalhos acadêmicos.


3) Também está na mesma linha de pensamento e usabilidade de rastreamento a arapuca cibernética inventada pelo professor de Ciências da Computação, Marcelo Campos de Macedo. O programa possui capacidade de analisar 36 arquivos no formato “doc” e “txt” ao mesmo tempo. É preciso fazer o cadastro para começar a usá-lo.

4) E, por último, mas não menos importante, o “Copyscape”: ”dedo duro” de plágios em plataformas de mídia online, como sites e blogs.


Informações retiradas do site:

http://www.ebah.com.br/blog/dicas/programas-que-farejam-plagio-em-trabalhos-academicos

sábado, 11 de dezembro de 2010

PRÊMIO PROFESSOR DESTAQUE 2010 - AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL
















Prezados alunos , quero compartilhar o prêmio recebido com todos vocês, afinal não existe professor se não existirem alunos...muito obrigado!

Fica uma mensagem de reflexão para todos: “ Entre as coisas mais importantes da vida, a sabedoria ocupa um lugar privilegiado. Se todos os outros bens podem ser subtraídos, a sabedoria, uma vez atingida , integra-se tanto ao seu ser que jamais pode ser roubada.


CATEGORIA PROFESSOR DESTAQUE 2010!!! AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL.


segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

O ecoturismo e suas modalidades


O ecoturismo é um dos segmentos da atividade turística voltado para o contato com o meio natural. O ecoturismo busca utilizar de forma sustentável o patrimônio natural e cultural, incentivando sua conservação através da formação de uma consciência ambientalista, promovendo assim o bem estar das populações envolvidas.

De forma geral, são características do ecoturismo: a prática em pequena escala, mais ativa e intensa que prima pelo contato com as pessoas da comunidade local (cultura local), além da interação com o meio natural, respeitando-o e conservando-o.

As modalidades de ecoturismo ainda não é consenso entre os estudiosos do tema, entretanto, algumas atividades podem ser consideradas como modalidades de ecoturismo. Essas atividades têm em comum o fato de serem praticadas em meio natural e o baixo impacto ambiental. São modalidades de ecoturismo as atividades como: tirolesa, cavalgada, passeios a pé, snorkeling, flutuação, bóia-cross, observação de aves, cicloturismo, observação de fauna e flora, espeleologia, trekking, paragliding, asa-delta, balonismo, canyoning, rappel, rafting e turismo geológico.