domingo, 3 de abril de 2011

ZOOLOGIA 1 MATERIAL DE APOIO

A classe Insecta, pela diversidade, é dividida em numerosas ordens. A seguir, apresentaremos algumas das principais:



a) Ordem Thysanura: são ametábolos, ápteros e podem executar movimentos rápidos. Têm longas antenas e três cercos caudais, que dão aspecto de "três caudas". Alimentam-se de folhas mortas e restos vegetais ou, nas casas, de papel e tecidos. Exemplo: a traça-dos-livros.



b) Ordem Orthoptera: insetos hemimetábolos, dotados de uma grande cabeça com peças bucais mastigadoras. Herbívoros ou omnívoros (comem "de tudo"). Exemplos: gafanhotos, grilos, louva-a-deus, baratas.



c) Ordem Isoptera: são hemimetábolos e apresentam estrutura social. Exemplo: os cupins. Suas sociedades são divididas por sexo e por castas (categorias sociais).

Os cupins constroem suas galerias no solo ou em troncos de árvores. Os membros estéreis da sociedade são os operários, responsáveis pela busca de alimento e pela defesa. Apenas os machos e fêmeas férteis (reis e rainhas) possuem asas, e somente durante o período de acasalamento.



d) Ordem Odonata: insetos hemimetábolos e suas ninfas vivem na água. Herbívoros ou carnívoros, apresentam peças bucais mastigadoras e longas asas transparentes. Exemplos: libélulas e efemérides.



e) Ordem Anoplura: são ectoparasitas sugadores de sangue. Portanto, possuem peças bucais sugadoras. Alguns deles transmitem doenças para os seres humanos. Todos os membros dessa ordem são hemimetábolos. Exemplos: piolhos e percevejos.



f) Ordem Hemiptera: possuem peça bucal sugadora e são herbívoros, carnívoros ou ecto-parasitas. São hemimetábolos. Exemplos: "barbeiros" e percevejos.



g) Ordem Homoptera: insetos hemimetábolos, sugadores de seiva. Exemplo: cigarras e pulgões.



h) Ordem Diptera: são holometábolos, e muitos dos representantes da ordem transmitem doenças. Exemplos: moscas, mosquitos, borrachudos e pernilongos.



i) Ordem Lepdoptera: apresentam a peça bucal sugadora, longa e enrolada quando em repouso. As asas são grandes, membranosas e coloridas. São insetos holometábolos, e as suas largatas representam prejuízo para muitas lavouras. Exemplos: mariposas e borboletas.



j) Ordem Coleoptera: trata-se da maior ordem conhecida de seres vivos (mais de 400 000 espécies descritas). A característica mais significativa do grupo é a presença da carapaça sobre as asas. Na verdade, essa carapaça, o élitro, é a asa anterior modificada. Há espécies herbívoras e outras carnívoras. Exemplos: besouros, joaninhas e brocas.



k) Ordem Siphonaptera: insetos desprovidos de asas; com patas posteriores longas e adaptadas para saltos; peças bucais picadoras. Alguns representantes do grupo são vetores de doenças humanas, como a peste bubônica. Exemplo: pulgas.



l) Ordem Hymenoptera: uma das mais polimorfas ordens de insetos (cerca de 250 000 espécies), apresenta animais dotados de peças bucais sugadoras, mastigadoras ou lambedoras. Em algumas espécies, como nas formigas, as asas estão presentes apenas nos indivíduos sexualmente ativos. São holometábolos e apresentam estrutura social.

3 comentários:

Biologia e Gestão Ambiental Sandra G disse...

Obrigada Professor!

Não pude ir na aula porque não estava bem. Um abraço e até sábado que vem. Sandra

Mari Liess disse...

Copiado! :)

Cristiane disse...

Bah, muito legal a explicação em pequenos tópicos, vou guardar, grata