segunda-feira, 24 de setembro de 2012

DESAFIO 1

Com a figura de EROS e PSIQUÊ....vamos iniciar nossos estudos na disciplina de psicologia , mas vocês conhecem a Psiquê na mitologia? Bom, segue a resposta:  Psique era a mais nova de três filhas de um rei de Mileto e era extremamente bela. Sua beleza era tanta que pessoas de várias regiões iam admirá-la, assombrados, rendendo-lhe homenagens que só eram devidas à própria Afrodite. Mas o resto disso tudo,vocês podem pesquisar por aí...no Google.

Agora vem a primeira parte do desafio, gostaria que procurassem nos dicionários, aquele livro grosso, que fica nas prateleiras de estandes, conhecem o que estou falando?

Então vá até o dicionário o procurem uma definição sobre PSIQUÊ, com relação ao nosso estudo.

E a segunda etapa, com base nos estudos realizados na unidade 1 , faça um resumo sobre : O processo de pesquisa em psicologia.

Comentem aqui ou no link do Facebook....seus resultados.

Pessoal segue aqui ideia do que se esperava do resumo solicitado e abaixo mais um desafio para a semana:

O processo de pesquisa em psicologia pode ser dividido em duas principais características, que geralmente acontecem em sequência: a formação de uma ideia (descoberta) e sua testagem (justificativa). O contexto da descoberta é a fase inicial da pesquisa, na qual as observações, as crenças, as informações e o conhecimento geral levam uma pessoa a formular uma nova ideia, ou uma forma diferente de pensar sobre o determinado fenômeno. Uma teoria é um conjunto organizado de conceitos que explica um fenômeno ou uma série deles. O elemento comum na maioria das teorias psicológicas é o pressuposto do determinismo, ideia de que todos os eventos – físicos, mentais e comportamentais – são resultantes ou determinados por fatores causais específicos. Tais fatores são limitados àqueles presentes no ambiente do indivíduo ou no âmbito da própria pessoa. Quando se propõe uma teoria psicológica, geralmente se espera cobrir fatos conhecidos e gerar novas ideias e hipóteses. Uma hipótese é uma declaração experimental testável sobre a relação entre causas e consequências. As hipóteses costumam ser declaradas na forma de prognósticos do tipo ‘se...então’, especificando determinados resultados a partir de condições definidas[...]. A pesquisa deverá verificar a relação ‘se...então’. As teorias são de fundamental importância para a geração de novas hipóteses. Outra parte importante do contexto da descoberta está nas atitudes e nos valores especiais necessários para participar de pesquisa. A ciência demanda uma atitude mental aberta, crítica e cética com relação a qualquer conclusão, até que ela tenha sido aceita por investigadores independentes. Por fim, existe uma demanda de que a pesquisa seja publicada, para integrar-se ao corpo de conhecimento sobre o tópico estudado, bem como permitir que outros investigadores possam replicar os resultados.


Novo Desafio da semana:A Psicologia, no Brasil, é uma profissão regulamentada pela Lei 4.119, de 1962. Pode exercer a profissão aquele que concluiu a graduação em Psicologia e que tem o registro no órgão profissional competente (CRP). Partindo desta perspectiva, e com base em seus estudos, , faça uma resumo com o seguinte tema: A PSICOLOGIA ENQUANTO PROFISSÃO. 
resposta do desafio....

O psicólogo, em seu trabalho, utiliza o conhecimento científico na intervenção técnica. A Psicologia dispõe de técnicas e de instrumentos apropriados e cientificamente elaborados,
que lhe possibilitam diagnosticar os problemas; possui também um modelo de interpretação e de intervenção. A intervenção do psicólogo é intencional, planejada e feita com a utilização de conhecimentos específicos do campo da Ciência. Mesmo quando o psicólogo não atua para curar, mas para promover a saúde já existente, ele o faz a partir de um planejamento e da perspectiva da Ciência. O psicólogo é um profissional que desenvolve uma intervenção no processo psicológico do homem, que tem a finalidade de torná-lo saudável, isto é, capaz de enfrentar as dificuldades do cotidiano; e faz isso a partir de conhecimentos acumulados pelas pesquisas científicas na área da Psicologia. Quanto à finalidade do trabalho do psicólogo, uma das concepções que vem ganhando espaço é a do psicólogo como profissional de saúde. Um profissional que, ao lado de outros, aplica conhecimentos e técnicas da Psicologia para promover a saúde. Nessa perspectiva, o psicólogo de saúde deve empregar seus conhecimentos de Psicologia na promoção de condições satisfatórias de vida, na sociedade em que vive e trabalha, isto é, em que está comprometido como cidadão e como profissional. Assim, o psicólogo tem seu trabalho relacionado às condições gerais de vida de uma sociedade, embora atue enfocando a subjetividade dos indivíduos e/ou manifestações comportamentais. Pensar a saúde dos indivíduos significa pensar as condições objetivas e subjetivas de vida, de modo indissociado. Este trabalho pode estar sendo realizado nos mais diversos locais: consultórios, escolas, hospitais, creches e orfanatos, empresas e sindicatos de trabalhadores, bairros, presídios, instituições de reabilitação de deficientes físicos e mentais, ambulatórios, postos e centros de saúde e outros.




Novo Desafio da semana:

Fazer um quadro comparativo entre as fases ou estágios do desenvolvimento psicossexual e social  de Freud, o desenvolvimento cognitivo de Piaget ,  sociocultural de Vygotsky e o desenvolvimento conforme Wallon, isto é, analisem similaridades e diferenças entre as ideias dos autores.


DESAFIO FINAL:

1)Um aspecto que influencia nas pesquisas sobre o desenvolvimento humano é a atividade ou passividade dos seres humanos em seu desenvolvimento. Para isso, muitos teóricos recorrem a dois modelos ou imagens contrastantes do desenvolvimento, que são: Mecanicista e Organísmico. Descreva cada um destes modelos.

Resposta do desafio:

- Mecanicista: neste modelo, as pessoas são pensadas como o funcionamento das máquinas, que reagem ao que lhes chega do ambiente. As pesquisas neste modelo buscam identificar e isolar os fatores que fazem as pessoas comportarem-se, ou reagirem, do modo como o fazem. ● Organísmico: neste modelo, as pessoas são vistas como organismos ativos em crescimento, que põe em marcha seu próprio desenvolvimento. São elas que desencadeiam os eventos e não só reagem a eles. O ímpeto para mudança é interno. O desenvolvimento pode ser acelerado ou retardado pelas influências ambientais, mas não sua causa. A totalidade do comportamento de um ser humano é maior que a soma de suas partes. 

- Os teóricos mecanicistas veem o desenvolvimento como algo contínuo – sempre governado pelos mesmos processos, permitindo a predição de comportamentos posteriores a partir de comportamentos anteriores. Esses pensadores concentram-se na mudança quantitativa. Os teóricos organísmicos enfatizam a mudança qualitativa. Eles veem o desenvolvimento como algo que ocorre em uma série de etapas distintas. Em cada etapa, as pessoas lidam com diferentes tipos de problemas e desenvolvem diferentes tipos de capacidades. Cada etapa fundamenta-se e prepara o caminho para a seguinte.



2) Descreva o que é conhecimento adquirido através do senso comum e o conhecimento decorrente da Psicologia científica.


3)A partir do que foi estudado na disciplina, defina subjetividade.




Nenhum comentário: